Página Inicial » Pregações » Vivem como se Jesus não fosse voltar – Fernanda Brum

Vivem como se Jesus não fosse voltar – Fernanda Brum

por Neto Gregório



Assistir e ouvir a mensagem do pastora Fernanda Brum com o tema “Vivem como se Jesus não fosse voltar”.


Assista mais!

A mulher em alto estilo é graciosa – Helena Tannure

A mulher em alto estilo é graciosa – Helena Tannure

A missão da Igreja – Ariovaldo Ramos

A missão da Igreja – Ariovaldo Ramos

Finalidades e Prioridades de um Chamado – Ronaldo Lidório

Finalidades e Prioridades de um Chamado – Ronaldo Lidório

Como sobreviver após as grandes dores da Vida – Jeremias Pereira

Como sobreviver após as grandes dores da Vida – Jeremias Pereira


Comentários

Comentários

  1. Adê Montenegro

    Mulher abençoada por Deus.

  2. Luciana Moreira Ccastro

    linda pregação

  3. Wania Emilia

    meu Deus!!!

  4. Elisabete Thomé Dos Santos

    Profundo…

  5. Rogerio Lázaro

    Alguns músicos que trabalharam para ela em shows e que a conheceram melhor que a "grande massa" não conseguem dar crédito às palavras dela (isso não significa não dar créditos à Palavra de Deus). Bem… Importante é que o Senhor continua alcançando os seus eleitos através da difusão do Evangelho, independente da contradição entre palavras e obras de vários "ministros" e "adoradores". (Filipenses 1:18)

  6. Clau Miranda

    Ela é falha como todos nós, mas Deus usa quem lhe aprouve. Ela foi usada nesta mensagem. :)

  7. Jessica Bittencourt

    BELA MENSAGEM DE DEUS !!!!….

  8. Rogerio Lázaro

    Parabéns! Você usou muito menos palavras do que eu para dizer o que eu já havia dito! Fantástico! ;)
    Só faltou atentar para a questão do testemunho pessoal, ou seja, algo que no caso da referida pessoa não se trata de falha pontual, mas uma prática habitual. Mas… deixa pra lá…
    Afinal de contas, isso parece não ter importância, não é?
    No atual Evangelho "dos palcos e holofotes" parecer é mais importante que ser. (aparência versus essência)

  9. Armando Taranto

    O "Negócio$$$$" está muito, mas muito sério mesmo Rogério.